Bancos de dados extensos dos negativados:  Serasa, SPC E SCPC fazem o monitoramento de crédito do mercado. Descubra o significado de cada uma delas e veja a diferença.

Prestam o mesmo serviço, tem uma certa semelhança no nome e uma pequena diferença, mas você sabe diferenciar SPC, SCPC e Serasa? Muita gente confunde, principalmente porque todas estão ligadas ao monitoramento de crédito e cadastro dos dados de negativados do país, mas cada instituição funciona de maneira independente.

As três empresas têm basicamente a mesma função: registrar informações pessoais de todos os brasileiros, desde cadastros básicos como nome completo, CPF e endereço até mesmo dívidas atrasadas, cheques protestados e roubados, entre outros dados. Além de fazer esse registro, essas empresas também fornecem as informações para lojas e bancos que tem serviços de vendas a prazo, empréstimos ou financiamentos.

CONSULTE SEU CPF GRATUITAMENTE

Quando alguém deixa de cumprir com os pagamentos de suas dívidas, as lojas ou bancos podem enviar essa informação para Serasa e SPC (Serviço de proteção ao crédito), informando que o portador deste CPF está inadimplente, permitindo que outras empresas que tenham o serviço contratado possam ver essa informação. Apesar de serem parecidas e muitas pessoas acharem que são um serviço só, Serasa, SPC e SCPC são três instituições diferentes, tanto que um CPF pode estar negativado em uma empresa e não estar em outra, é uma situação pouco comum, já que os bancos de dados de negativados geralmente compartilham as informações.

O nome negativado fica no cadastro dessas empresas por cinco anos, se a dívida não for quitada antes disso, tanto a Serasa, SPC ou SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) são obrigadas a retirar a informação de inadimplência do cadastro daquele CPF, então a pessoa só continua negativada se contrair novas dívidas.

A principal diferença entre essas três instituições está nas empresas que administram, Serasa é administrada pela empresa irlandesa Experian e envolve uma parceria entre instituições bancárias, já o SPC envolve as associações comerciais e as informações que contêm neste banco de dados é oferecida pelos lojistas cadastrados nas associações de cada estado, ou seja a maioria dos dados são de consumidores que devem no comércio. Já o SCPC contém as informações dos negativados, com um diferencial, permite que o dono do CPF consiga consultar a situação do seu nome de forma gratuita, em algumas lojas da Serasa é possível fazer consulta da situação do nome e até mesmo qual a dívida a partir do pagamento de uma taxa.

As três empresas usam esses dados para vender as informações para quem contrata os serviços, seja banco ou comércio, ao contratar o serviço pode ter acesso as pessoas físicas ou jurídicas que tem o nome negativado.

Além da análise de crédito as empresas oferecem outros serviços como prospecção de clientes: a partir do banco de dados as empresas podem localizar clientes em potencial para seus serviços, gerir a carteira: ver o histórico de inadimplência dos clientes facilitam para mensurar o risco de investimento em empresas ou grupo de clientes, Cadastro positivo: além de identificar os inadimplentes esses cadastros também conseguem identificar pessoas adimplentes, valorizando o compromisso com os pagamentos e também consulta de veículos: tem como função identificar fraudes, pois no banco de dados consta itens como histórico de leilões, alerta de furtos entre outros.

As três instituições auxiliam comerciantes e instituições bancárias e protegem o crédito do mercado.

VEJA TAMBÉM:

4 DICAS PARA TIRAR O SEU NOME DO SPC