Muitas pessoas têm hoje algum tipo de restrição em seu nome, para se ter uma ideia, o número estimado é que existam hoje no Brasil aproximadamente 61,7 milhões de pessoas com algum tipo de apontamento de dívida no sistema de SPC e Serasa, isso representa praticamente 40,5% da população economicamente ativa, com idades entre 18 e 95 anos.

Os motivos para essa quantidade de pessoas com dívida é muito variada, desde imprevistos financeiros, o alto índice de desemprego na economia brasileira, a falta de planejamento de financeiro e em alguns casos a falta de organização com as finanças e compromissos financeiros.

O fato é que ninguém gosta ou quer estar nesta situação, é muito desagradável receber cartas, telefonemas e contatos de cobrança, além das diversas restrições que isso gera, seja na dificuldade na abertura de uma conta corrente, negativas para crédito em compras parceladas, empréstimos e qualquer tipo de linha de crédito.

O que fazer para tirar seu nome do SPC?

 

Quitar a divida

Parece óbvio, mas muitas pessoas tem o nome negativado por falta de organização, muitas vezes possuem o recurso financeiro, porém por esquecimento ou falha de planejamento deixam o débito ser negativado, neste caso o método mais rápido é entrar em contato com a empresa e quitar a dívida, em questão de dias seu nome estará “limpo”.

 

Renegociar a divida

A alternativa mais correta e justa para retirar seu nome do cadastro negativo é renegociar sua dívida, encontrar um caminho que seja financeiramente viável e resolver sua situação com a empresa que lhe concedeu crédito.

Sabemos que essa alternativa nem sempre é tão simples, seja pela situação financeira do devedor, ou por falta de flexibilidade de negociação da parte credora. Caso perceba que os juros, multas e condições que estão sendo cobrados são abusivos e desproporcionais com a divida, entrar na justiça é uma boa forma de conseguir um caminho viável para solução da questão.

Tome um empréstimo e quite a divida

Caso os juros e multas cobradas pela divida sejam mais altos que um empréstimo, ou seja necessário resolver a negativação do seu nome com urgência, encontre uma instituição financeira que aprove o seu crédito e faça o pagamento integral da divida, com a devida organização e planejamento você conseguira manter seu crédito positivo e ficar apenas com as parcelas do empréstimo. Se estiver com dificuldade de crédito, busque linhas com garantias, seja crédito consignado, garantia de imóvel ou automóvel, são linhas que normalmente são aprovadas para pessoas negativadas.

Prescrição de 5 anos da dívida

Muitas pessoas conhecem bem essa regra jurídica relacionada a dívidas, porém não se engane, é verdade que a divida não pode mais ser cobrada judicialmente ou ter a negativação em órgãos como SPC após cinco anos da dívida. Porém isso não significa que ela foi “perdoada”, a instituição que lhe concedeu o crédito poderá cobrar amigavelmente sempre esse valor e impedir que você tome novas linhas de crédito ou compre a prazo novamente em seu estabelecimento até que você quite a divida.

Outro ponto importante são as renegociações de dívida, qualquer contrato de confissão de divida ou nova renegociação de condições de taxa, prazo ou valores, constitui uma atualização do prazo de 5 anos, como se fosse uma nova dívida. Em resumo essa é uma opção muito complicada de ser tomada.