Abrir um negócio ou uma empresa é um sonho comum de muitas pessoas, principalmente as que possuem um perfil empreendedor, que tem a ideia de um negócio de sucesso e que buscam através da abertura de seu negócio, a liberdade financeira, uma forma de renda ou então a realização de algum objetivo pessoal.

Uma das primeiras dificuldades para muitas pessoas que desejam dar este passo para abertura de seu negócio é conseguir o capital financeiro inicial, que seja suficiente para realizar os investimentos necessários em infraestrutura, maquinas e equipamentos para abertura da empresa, além do fluxo de caixa inicial que é fundamental para a manutenção da empresa nos primeiros meses de funcionamento, que é um momento crucial, onde normalmente as receitas ainda são menores que as despesas da empresa.

Fique tranquilo, se você está precisando de dinheiro para iniciar o seu negócio existem algumas alternativas no mercado, listaremos abaixo algumas das opções:

1)     Instituição Financeira

Algumas instituições financeiras disponibilizam linhas de crédito específicas para empreendedores e pessoas que tem interesse em iniciar um negócio. Essas linhas de crédito possuem algumas características um pouco diferentes do que as linhas de empréstimo tradicional.

Esteja preparado porque normalmente são solicitadas nestas linhas de empréstimo, garantias reais, como a alienação de automóveis e imóveis a operação, ou caso não seja possível, podem ser solicitadas a inclusão dos sócios como avalistas, ou outras garantias dependendo do tipo da operação.

Outra informação muito importante é o plano de negócio detalhado, com especificação dos investimentos e as previsões de resultados que o negócio pode trazer.

Existem inclusive linhas do BNDES com objetivo específico de investimento em projetos e empresas que estão em fase inicial, estes projetos devem ter um projeto aprovado pela instituição financeira e atender todos os requisitos necessários para liberação da operação.

É importante sempre avaliar as condições de taxas de juros e o custo da operação de crédito para que seu negócio não seja inviabilizado por conta da operação.

2)     Investidor Anjo

Uma alternativa de captação de recurso que está em muita evidência são os investidores anjo, são normalmente grupo de pessoas ou empresas que tem como objetivo incentivar a inovação e ter participação em empresas que irão mudar o mercado, com potencial de alto crescimento e valorização.

A busca de um investidor anjo vai um pouco além da elaboração de um plano de negócio, será necessário também comprovar que sua ideia terá aderência no mercado, podem ser solicitados inclusive comprovação de resultados em algum ambiente de teste real já realizado.

As startups, são as empresas alvo deste público investidor, que são empresas normalmente focadas em segmentos de tecnologia, que seu produto ou serviço abrange uma grande quantidade de pessoas.

3)     Sociedade

Apesar de bastante comum, a busca de um sócio que possua recursos suficientes para a manutenção dos primeiros meses de funcionamento ou mesmo para o investimento necessário para abertura de seu negócio, é uma das formas mais “baratas” de se conseguir o recurso adicional, além disso um sócio que possua conhecimento ou experiência pode ajudar no desenvolvimento da operação com maiores possibilidades de sucesso.