O empréstimo imobiliário é uma das modalidades de empréstimo mais difundidas no mercado nacional e com certeza a linha mais utilizada por pessoas de todas as classes sociais para a aquisição do primeiro imóvel.

As principais vantagens do empréstimo com garantia de imóvel é que suas taxas de juros são as mais baixas dentre as outras modalidades de empréstimo, com possibilidades de parcelamento em longos prazos, chegando a possibilidade de parcelamentos em trinta anos em alguns casos.

Essa modalidade de empréstimo possui esses diferenciais pois o imóvel adquirido através do empréstimo ficará alienado ao contrato de empréstimo e em caso de não pagamento, pode ser executado pela instituição financeira, sendo uma operação de baixo risco para o banco.

Modalidades de Empréstimo Imobiliário

A modalidade de empréstimo imobiliário mais comum é a linha utilizada para aquisição de um imóvel, basicamente é utilizado para compra de um novo imóvel que será utilizado para moradia do tomador do empréstimo.

O que muitas pessoas não sabem é que o empréstimo imobiliário pode ser uma excelente alternativa para pessoas que já possuem um imóvel e estão com dificuldades financeiras pontuais. É possível no mercado nacional, realizar um empréstimo utilizando o seu próprio imóvel como garantia e conseguir um empréstimo com taxas muito vantajosas quando comparadas a um crédito pessoal comum.

Requisitos para Aprovação do Empréstimo Imobiliário

Basicamente para aprovação do empréstimo Imobiliário é necessário encontrar uma instituição financeira que esteja com linha disponível para o crédito, em seguida apresentar a relação de documentos, com intuito de criar o seu cadastro de crédito, sua condição de renda e potencial financeiro, além da avaliação das condições do imóvel e do vendedor.

Os dados que podem ser solicitados são:

  • Proposta de Financiamento / Empréstimo
  • Declaração de Saúde
  • Opção de Compra e Venda do Imóvel, assinado pelo Vendedor e Proponente Comprador
  • Cópias de documentos de identificação (RG, CPF e demais)
  • Comprovantes de Rendas (Holerite, Pró-Labore, entre outros)
  • Certidão de Matricula do Imóvel desejado
  • Comprovantes de Pagamento de IPTU
  • Convenção de Condomínio quando for aplicável

FGTS

O empréstimo Imobiliário também tem como vantagem a possibilidade de utilização do saldo do Fundo de Garantia do trabalhador (FGTS) para entrada ou amortização de parcelas, para que isso seja possível, é necessário que o trabalhador possua saldo em sua conta de FGTS e apresente também a documentação necessária, que envolvem:

  • Autorização para saque do FGTS
  • Extratos originais com saldo em conta
  • Cópia da Carteira de Trabalho, quando aplicável
  • Carta do Empregador
  • Declaração de Imposto de Renda

Seguro Habitacional

O Empréstimo Imobiliário, também exige a contratação obrigatória do Seguro Habitacional, que tem como objetivo proteger ambas as partes do contrato, tanto a família do comprador do imóvel, quanto a instituição financeira que disponibiliza o crédito.

Este seguro garante que em caso de falecimento ou acidente que gere invalidez do comprador do imóvel, a família possa permanecer no imóvel e o contrato seja integralmente quitado pela seguradora com a instituição financeira que liberou o empréstimo imobiliário.

Dica: Esse seguro pode ser contratado diretamente com a instituição financeira que realiza o empréstimo, ou com outra seguradora de mercado, é importante sempre realizar uma cotação pois o valor de prêmio do seguro pode ser muito diferente entre as seguradoras.