Existem muitas razões pela qual você pode querer um empréstimo. Seja para comprar um carro novo, renovar sua casa ou pagar as dívidas. Um empréstimo pode sair muito mais barato do que as taxas de juros de um cartão de crédito ou de cheque especial. Nesse artigo mostraremos algumas dicas de como escolher o melhor empréstimo para você.

Tipos de empréstimos e como escolher o melhor empréstimo

Há três principais tipos de empréstimos a serem levados em consideração para escolher o melhor empréstimo:

  • Empréstimo consignado: para fazer um empréstimo consignado é exigida a garantia da folha de pagamento. O crédito consignado oferece menos riscos aos credores.
  • Empréstimo não consignado: também chamado de crédito pessoal, é a opção mais comum de empréstimo. No entanto, possui taxas de juros mais altas, pois oferece mais riscos aos credores. Devido as diversas responsabilidades, o processo de aprovação é mais demorado e burocrático.
  • Empréstimo peer to peer: é uma forma de se conseguir crédito diretamente de outra pessoa ou empresa, possuindo menos burocracia.

Dicas para escolher o melhor empréstimo

  • A primeira dica para encontrar o melhor empréstimo é sempre pesquisar bastante sobre o empréstimo que vai escolher. Existem sites online que fazem simulação de empréstimo, e podem ser usados a seu favor e te ajudar a escolher o melhor empréstimo.
  • Quando estiver procurando pelo melhor empréstimo, use várias ferramentas online para simulação de empréstimos, e faça comparações entre os empréstimos oferecidos por diferentes agências. Compare as opções e veja qual mais se encaixa para as suas necessidades, assim conseguirá o melhor empréstimo.
  • Procure manter o seu histórico de crédito bom pagando todas as dívidas. Dessa forma, você terá mais facilidade para conseguir bons empréstimos com taxas mais baixas no futuro.
  • Procure empréstimos online. Para achar o melhor empréstimo, uma boa dica e procurar por empréstimos online. Eles oferecem uma flexibilidade maior, e na maior parte das vezes você terá mais privacidade (ninguém vai perguntar para o que vai usar o dinheiro).