Muitas pessoas em um momento de necessidade buscam no empréstimo pessoal a alternativa para resolver os seus problemas financeiros, sejam arcar com o pagamento de dívidas, contas acumuladas ou mesmo alguma conta prestes a vencer que não estava ou ultrapassou o orçamento planejado.

O Empréstimo pessoal também é um ótimo caminho para realização de uma conquista financeira, seja a realização de uma viagem, aquisição de um veículo, investimento em educação, enfim conseguir dinheiro para alguma realização pessoal.

É muito importante que no momento de tomada do empréstimo pessoal, seja realizado o planejamento financeiro de seu orçamento pessoal, incluindo a operação.  É muito importante que antes de seguir com o empréstimo, sejam levantadas todas as taxas e custos envolvidos, para que a solução não se torne um problema ainda maior.

Como saber qual operação de empréstimo pessoal tem juros menores?

Antes de listar as principais linhas de empréstimo pessoal, é importante entender como as instituições financeiras realizam a formação dos juros que serão cobrados pela sua operação de empréstimo.

Os principais fatores que serão levados em consideração no momento de avaliar o crédito, serão, o perfil de crédito do tomador, o prazo da operação, o valor de risco, que é o valor do empréstimo e a garantia de recebimento da operação, quanto melhor forem as condições para a instituição financeira, menores serão os juros cobrados.

Perfil de crédito

O perfil de crédito, basicamente é a análise de perfil pessoal do tomador, as instituições financeiras costumam analisar o histórico de consumo do tomador de crédito, o perfil de relacionamento com as instituições financeiras, além de analisar a renda do tomador e verificar se o tomador possui indicações negativas em bases de dados como SPC, SERASA ou outras dívidas em atraso.

Prazo e Valor da Operação

Este quesito é bastante simples, quanto menor o prazo e menor o valor da operação, menor o risco para instituição financeira, desta forma operações de curto prazo de pagamento e de baixo valor, costumam ter condições melhores que empréstimos de alto valor e prazos estendidos de pagamento, considerando a mesma garantia.

Garantia de Recebimento

Um dos fatores mais importantes relacionados as taxas de juros cobradas são as garantias fornecidas na operação de empréstimo, quanto mais fácil for para o banco executar a garantia fornecida em caso de inadimplência, melhores serão as condições do empréstimo.

As garantias que mais reforçam a sua operação de empréstimo são aquelas que podem ser facilmente executadas pelo banco, sendo possível vincular em um empréstimo desde suas aplicações financeiras, saldos em previdência privada, além de bens disponíveis como automóveis e imóveis.

Outras possibilidades que melhoram as condições de juros do empréstimo pessoal, são as operações vinculadas ao recebimento de seu salário, como crédito consignado, 13º salário, além de saldos do Fundo de Garantia e a possibilidade de antecipação de recebimentos créditos de Imposto de Renda.

Listamos abaixo as principais operações disponíveis no mercado:

  1. Empréstimo Pessoal com Garantia de Aplicação Financeira
  2. Empréstimo Pessoal com Garantia de Previdência Privada
  3. Empréstimo Pessoal com Garantia de Imóvel
  4. Empréstimo Pessoal com Garantia de Automóvel
  5. Empréstimo Pessoal Consignado
  6. Empréstimo Pessoal com Fiador
  7. Empréstimo Pessoal com Garantia de FGTS
  8. Empréstimo Pessoal com Antecipação de 13º
  9. Empréstimo Pessoal com Antecipação de Imposto de Renda